Ministra destaca potencialidades de Angola

A República de Angola continua a ser uma terra do futuro e próspera para a população, tendo em conta as imensas potencialidades de recursos naturais e oportunidades de negócios que possui, considerou no sábado, em Luanda, a ministra da Indústria, Bernarda Martins.

Bernarda Martins

Bernarda Martins

Falando durante a cerimónia da gala de premiação aos expositores mais destacados na 33ª edição da Feira Internacional de  Luanda (Filda), a governante referiu que compete ao Executivo, empresários e trabalhadores, em conjunto, converter as oportunidades deste país em negócios rentáveis, progresso social e bem-estar das populações.

Considerou os participantes no evento como parceiros indispensáveis na caminhada de Angola, visando desenvolver uma nova economia próspera, equilibrada e sustentável.

A entrega dos prémios às  21 empresas concorrentes, em que a Sonangol foi a grande vencedora, coube a ministra, aos secretários de Estado da Industria, Kiala Gabriel, das Relações Exteriores, Manuel Augusto, à presidente do Conselho de Administração do Instituto de Fomento Empresarial, Dalva Ringote, assim como ao presidente do Conselho de Administração da Eventos Arena, Bruno Albernaz, respectivamente.

A noite de premiação, presenciada por várias entidades nacionais e estrangeiras, foi ainda marcada por um jantar animado pelas cantoras Margareth do Rosário, Patrícia Faria, Selda, Anabela Aya e Nanuto Fendes.

A 33ª edição da Feira Internacional de  Luanda, que termina neste domingo, decorre sob o lema "diversificar a economia e potenciar a produção nacional, visando uma Angola auto-suficiente e exportadora".

O evento, que decorre pela primeira vez na Baía de Luanda, cartão postal da cidade capital, conta com a participação de mais de dez países convidados, entre os quais Portugal, China, Brasil, Alemanha, Uruguai, Zâmbia e África do Sul.

A Filda é um evento multi-sectorial de exposição e negócios que junta anualmente, desde 1983, empreendedores nacionais e de países de África, América, Europa e Ásia para expor produtos e serviços.

 

 

 

Angop